MOVIMENTO ARMORIAL: UMA BREVE ANÁLISE HISTÓRICA, MUSICAL, GESTÁLTICA E COMPUTACIONAL

Gilber Souto Maior

Resumo


A música armorial é à vertente musical do Movimento Armorial, termo cunhado por Ariano Suassuna que se refere ao fenômeno de origens e dimensões multiculturais, surgido na região Nordeste do Brasil e que promoveu a criação de um gênero musical singular, através da recriação de elementos da música popular e erudita, contidos nas músicas tradicionais ibéricas, dos cantos religiosos introduzidos por jesuítas, da influência africana e indígena. O Movimento apresentou uma sonoridade única que pode ser percebida tanto pelo ouvinte perito quanto pelo ouvinte leigo. Pretendeu-se, com este trabalho, por meio da análise musical e computacional, considerando a evolução histórica que culminou com o evento, identificar os aspectos que são característicos à música armorial mediados pelos princípios da Gestalt. A metodologia utilizada foi a análise musical de peças armoriais e a análise computacional de aspectos acústicos dessa sonoridade amparadas por princípios gestálticos. Os resultados obtidos permitem concluir que a utilização de tais princípios gestálticos correlacionando a análise musical com a computacional aponta para a possibilidade de novas investigações sobre aspectos musicais característicos onde a utilização de descritores musicais apresentam resultados interessantes que abriram perspectivas para novos meios de análise da sonoridade característica de gêneros musicais peculiares, como é o caso da música armorial. 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários